Vinho – Conheça um pouco da Concha y Toro!
      │     3 de julho de 2017   │     20:34  │  0

Falar de vinho é algo muito familiar pra mim… Cresci em uma família onde os jantares eram fartos, e  vinho era abundante! 

A descendência italiana e o fato de ser gaúcha me dão uma certa propriedade quando o assunto é vinho. Sou apaixonada pelos tintos, mas não dispenso os brancos em um lindo dia de Sol e calor…

Um dos meus preferidos, são os chilenos. São encorpados, tem personalidade, e trazem o amadeiramento dos carvalhos na medida certa. Perfeito para acompanhar as refeições…

Hoje quero apresentar para vocês uma das vinícolas mais importantes do Chile… A Concha y Toro. 

A vinícola Concha y Toro é a maior do Chile e é atualmente controlada pelas famílias Guilisasti e Larrain. A empresa representa 37% do mercado interno chileno e 31,4% das exportações chilenas de vinho.

70% de suas vendas são para exportação, e chegam até 110 países.

Possui vinhedos nos principais vales produtores chilenos, bem como na Aregentina, ocupando uma extensão de 10.750 hectares, sendo hoje a maior área plantada do mundo.

Considerada a primeira indústria de vinho ultra premium chileno e a primeira vinícola do mundo a ter suas ações na bolsa de Nova York. Em 1996 expandiu seus negócios para terras vizinhas, fundando a vinícola Trivento Bodegas na Argentina, originando Mendoza, um dos mais famosos vinhos argentinos, a expansão da vinícola Concha y Toro teve seu ápice no ano de 2011 com a compra da empresa californiana Fetzer Vineyards.

Reconhecida mundialmente pela qualidade de suas vinícolas e excelência de seus vinhos, a Concha y Toro ganhou grandes prêmios, entre eles:

  • Marca de Vino más Poderosa del Mundo”, 2014 – 2015 e Mejor Compañía Internacional de Vinos y Licores del Año”, 2015 pelo  Intangible Business.
  • Certificación de Sustentabilidad de Vinos de Chile.
  • Concha y Toro es elegida la Marca de Vino Más Admirada del Mundo (2012, 2013).

No mercado brasileiro a Concha y Toro atua por meio do comércio varejista e atacadista.

Veja alguns rótulos da vinícola:

  • Carmín de Peumo
  • Don Melchor
  • Amelia
  • Terrunyo
  • Marques de Casa Concha
  • TRIO
  • Casillero del Diablo
  • Sunrise
  • Frontera
  • Almaviva

Um dos seus vinhos mais conhecidos no mundo, e também um dos meus preferidos é o Casillero del Diablo.

“Dizem que em 1883 um barco zarpou desde Burdeus, França, fazendo da imensidão do mar e o silêncio dos pássaros ao voar testemunhas das uvas trazidas por essa travessia…

As que unida com esta terra começaram a formar aquele misterioso vinho que com o passar do tempo daria vida a uma lenda mágica.

Contam que Don Melchor de Concha y Toro, fundador da vinícola, guardou sob sete chaves.
“Reservarei alguns dos melhores”, pensou.

Ainda que isso daria margem ao mistério…
dos constantes roubos que sua bodega sofria.

Por isso há mais de 100 anos… para evitar que seus vinhos desaparecessem, Dom Melchor de Concha y Toro difundiu o rumor que sua bodega era habitada pelo Diabo.

Dizem que o rumor se espalhou tão rapidamente quanto o fogo.
“Eu o vi”, muitos afirmavam.
E a notícia correu tão rápido que em pouco tempo em todos se instalou o temor.

Nunca ninguém pode confirmar o rumor sobre o guardião de suas bodegas e sua existência.

Hoje, a Lenda continua viva.”

Verdade ou não, se você puder ir ao Chile, não deixe de conhecer. Com toda a certeza será uma experiência única, e você vai amar!

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *